Signo de Gémeos

Signo da dualidade manifesta pelo próprio símbolo que o representa: dois traços iguais mas ao mesmo tempo díspares, entrecortados por dois eixos que os delimitam na base e na cúpula.

A versatilidade empreendida pela conjugação dual num só conjunto totalizante, confere-lhe a mutabilidade mental que se reparte em múltiplas asserções argumentativas, fruto de um pensamento que não se restringe apenas a um só objecto, mas que se espraia por uma diversidade de interesses inerentes à confrontação entre contrários originários da mesma fonte.

Se a mão esquerda diz sim a direita dirá não, este é, grosso modo, a característica principal de um signo marcado pela comunicabilidade pueril ou superior, tudo dependendo do trabalho de auto-aprimoramento efectuado pelos seus nativos.