Caracterização dos Planetas Astrológicos

Neste artigo iremos fazer um enquadramento de cada Planeta, acompanhado de uma breve descrição das características de cada um dos seguintes planetas.

O Sol

É o coração do Mapa Natal, é em Astrologia um planeta Luminar (que ilumina) e pessoal, onde a consciência do eu se faz sentir energicamente. É o princípio da vitalidade e da individualidade, representa a energia criativa irradiante e o promontório do Ser que necessita de ser reconhecido e de se expressar. Nos signos de Fogo representa a actividade vigorosa/ nos signos de Terra, o pragmatismo/ nos signos de Ar, o intelecto e envolvimento social/ nos signos de Água, experiência emocional.

A Lua

Na Astrologia é o 2º planeta luminar e pessoal, é reactiva em sintonia com o passado, dissolve-se nas respostas condicionadas do subconsciente em apoio dos sentimentos internos, assegurando a sua componente doméstica, emocional e o seu sentido de dependência. Nos signos de Fogo, reage às mudanças com entusiasmo/ nos signos de Terra reage às mudanças com firmeza/ nos signos de Ar reage às mudanças com avaliação objectiva/ nos signos de Água reage às mudanças emotivamente.

Mercúrio

É o primeiro planeta interior e pessoal, revela-se pela comunicação, o sentimento do eu, o impulso para a expressão através do encanto das palavras e do relacionamento com os outros. Necessidade de permanente aprendizagem. Nos signos de Fogo pensamentos esperançosos/ nos signos de Terra pensamentos práticos/ nos signos de Água pensamentos emocionais/ nos signos de Ar pensamentos objectivos.

Vénus

É o 2º Planeta interior e pessoal, impulso para o afecto social e amoroso envolvido em manifestações de prazer. Necessidade de se sentir em sintonia com o outro. Nos signos de Fogo prazer enérgico/ nos signos de Terra prazer físico/ nos signos de Ar prazer intelectual/ nos signos de Água prazer emocional.

Marte

É o 1º Planeta exterior e pessoal, o desejo caracteriza-o, bem como a aplicação dos seus intentos pela acção vigorosa. Impulsividade e auto-afirmação contundentes deixam explícito a necessidade de realização das suas prerrogativas. Nos signos de Fogo acção enérgica/ nos signos de Terra acção persistente/ nos signos de Ar acção comunicativa/ nos signos de Água acção emocional.

Júpiter

É o 2º Planeta exterior e 1º social, direccionado para uma ordem superior através da expansão e do optimismo, a Fé e a necessidade do auto-aprimoramento constante. Nos signos de Fogo a Fé extrovertida/ nos signos de Terra a Fé pragmática/ nos signos de Ar a Fé comunicativa/ nos signos de Água a Fé emocional

Saturno

É o 2º Planeta exterior e 2ª social, a contracção, a defesa da estrutura e integridade do eu, a necessidade de afirmação social. Nos signos de Fogo precisa estabilizar a identidade pela energia criativa/ nos signos de Terra necessidade de estabilidade e eficiência pragmática/ nos signos de Ar necessidade de estabilizar o pensamento/ nos signos de Água necessidade de estabilizar as emoções.

Urano

É o 3º Planeta exterior e 1º Impessoal, a individualidade, as mudanças, o rumo da independência e o corte com o tradicionalismo, a expressão sem entraves.

Neptuno

É o 4º planeta exterior e 2º Impessoal, o desapego do material, a fuga das limitações, necessidade de se juntar com o todo.

Plutão

Este é o 5º Planeta exterior e 3º impessoal, a transmutação, eliminando o que já não é necessário, a remodelação completa do eu, o desprendimento do que já é caduco.