Signos do zodíaco (signos de sol)

Na astrologia ocidental existem 12 signos do zodíaco que estão diretamente relacionados com as constelações situadas numa área de 360º na cintura central do Zodíaco. Esta área corresponde a uma faixa imaginaria no céu, dividida em doze partes que ocupam aproximadamente 30 graus de longitude celeste.

Ao longo do ano, à medida que o planeta Terra realiza o seu movimento de translação ao olharmos para o céu, ficamos com a sensação que é o Sol que anda a volta da terra. Nesta aparente trajetória o Sol encontra-se numa determinada posição, ou seja, "a passar" uma das doze constelações do zodíaco.

No dia do nascimento de uma pessoa, o Sol ao passar por uma destas constelações determina qual é o seu signo de sol vulgarmente chamado por signo do zodíaco. Este ciclo tem a duração de um ano no calendário gregoriano, iniciando com o signo do carneiro a 20 de março de cada ano e termina com peixes a 19 de março do ano seguinte.

Os 12 signos que compõem o zodíaco são:

Signo Carneiro (áries)
20 Mar - 19 de Abr
Signo do Touro (taurus)
20 Abr - 20 Maio
Signo de Gémeos (gemini)
21 Maio - 20 Jun
Signo do Caranguejo (Câncer)
21 Jun - 22 Jul
Signo do Leão (Leo)
23 de Julho - 22 de Agosto
Signo do virgem (Virgo)
23 de Agosto - 22 de Setembro
Signo da Balança (Libra)
23 de Setembro - 22 de Outubro
Signo do Escorpião
23 de Outubro - 21 de Novembro
Signo do Sagitário
22 de Novembro - 21 de Dezembro
Signo do Capricórnio
22 de Dezembro - 20 de Janeiro
Signo de Aquário (amphota)
21 de Janeiro - 18 de Fevereiro
Signo de Peixes (pisces)
19 Fev - 19 Mar

Datas dos signos do zodíaco

Como o eixo ta terra está num ângulo de 23º, o número de duração dos signos não é igual para todos. A tabela abaixo compara as datas nas quais o sol entra em cada signo, assim como a sua duração:

Símbolo Signo Datas Nº de Dias
Carneiro (Áries) 20 de Março a 19 de Abril 30
30º
Touro (Taurus) 20 de Abril a 20 Maio 30
60º
Gémeos 21 de Maio a 20 de Junho 30
90º
Caranguejo (Câncer) 21 de Junho a 22 Julho 31
120º
Leão 23 de Julho a 22 de Agosto 30
150º
Virgem 23 de Agosto até 22 de Setembro 30
180º
Balança (Libra) 23 de Setembro até 22 de Outubro 29
210º
Escorpião 23 de Outubro até 21 de Novembro 29
240º
Sagitário 22 de Novembro até 21 de Dezembro 29
270º
Capricórnio 22 de Dezembro até 20 de Janeiro 29
300º
Aquário 21 de Janeiro até 18 de Fevereiro 28
330º
Peixes 19 de Fevereiro até 19 de Março 28

Zodíaco e os movimentos da Terra

Constelações dos signos do zodíaco na astrologia

A precessão é o fenómeno físico que provoca a alterações no eixo de rotação da Terra ao longo do seu movimento de translação, consequentemente o polo celeste da Terra acaba por mudar de direcção.

A cada cem anos o eixo da terra altera-se em cerca de dois graus e foi essa mudança de êxitos que causou o aparecimento de uma nova constelação de nome Serpentário. A mais de 5 mil anos que os astrólogos observam as estrelas e nessas observações o Sol passava por doze constelações no céu que formam o Zodíaco, razão pela qual o "Signo do Serpentário" não fazer parte dos signos do zodíaco.

Os elementos dos signos do zodíaco

Cada signo é regido por um dos quadro elementos: água, fogo, terra ou ar. Cada elemento rege três signos e possui características próprias que exercem forças e tendências afetando a personalidade de cada signo.

De forma resumida os signos do elemento fogo são apaixonados e extravagantes, os signos da terra são objetivos e realistas, os signos de ar são intelectuais e amorosos e por fim, os signos do elemento da água são emocionais com forte intuição.

Elementos do zodíaco nas astrologia, fogo, terra, ar e água

Qualidades dos signos

Cada signo do zodíaco é influenciado por uma das três qualidades que definem o ponto de cada estação, estas podem ser: cardinal, fixo ou mutável. A qualidade cardinal define o início da nova estação do ano, enquanto a qualidade fixo carrega o peso estação e por fim a qualidade mutável termina essa estação.

Por exemplo, quando inicia o verão no dia 21 de junho, no mesmo dia que o sol entra caranguejo, o signo do Caranguejo começa com a qualidade cardinal. Em julho a meio do verão, o signo do Leão assume a qualidade fixo e no final do verão o signo do Virgem termina com a qualidade mutável.

Polaridades dos signos

A polaridade dos signos do zodíaco pode ser positiva (Yin) ou negativa (Yang). Estes fluxos de energias complementam-se e são fundamentais para manter um equilíbrio.

A polaridade de um signo é a mesma que a do signo que se situa no lado oposto do Zodíaco. Por exemplo o carneiro (primeira casa) tem a mesma polaridade que o signo caranguejo (situado na sétima casa), ou seja, positiva. Os signos do elemento ar e fogo têm polaridade positiva já os signos do elemento água e terra têm polaridade negativa.

Planetas regentes ou dominante

Na astrologia os planetas e os signos possuem uma compatibilidade energética denominada por regente ou dominante. O planeta regente exerce uma influência mais vincada que a influência de qualquer outro planeta, no entanto, quando o sol passa pela constelação de um signo a influência do planeta regente é mais harmoniosa.

Esta influência atribui determinadas características aos signos afetando a forma como estes se relacionam e interagem uns com os outros. A tabela abaixo demonstra a relação entre os signos e os planetas.

Casa Signo Planeta Governante
(Antigo)
Planeta Governante
(Novo)
Detrimento
Carneiro (Áries) Marte   Balança (Libra)
Touro (Taurus) Vénus   Leão
Gémeos Mercúrio   Sagitário
Caranguejo (Câncer) Lua   Leão
5 ª Leão Sol   Caranguejo (Câncer)
Virgem Mercúrio Ceres Escorpião
Balança (Libra) Vénus   Carneiro (Áries)
Escorpião Marte Plutão Virgem
Sagitário Júpiter   Gémeos
10º Capricórnio Saturno   Caranguejo (Câncer)
11º Aquário Saturno Úrano Peixes
12º Peixes Júpiter Netuno Aquário

Artigos Relacionados